!-- Global site tag (gtag.js) - Google Ads: 622731988 -->
 

Tabela Selic utilizada como taxa de referência para correção de precatórios

A importância da tabela selic

A tabela selic é um importante indicador econômico, que mede a taxa de juros Selic. Essa taxa é definida pelo Banco Central do Brasil (BCB), e tem como objetivo controlar a inflação.

A tabela selic é extremamente importante para o controle da inflação. Como o BCB define a taxa Selic, essa influencia toda a economia do Brasil. Quando a taxa Selic está alta, os juros cobrados nos empréstimos também estão altos, o que encarece o crédito e dissuade as pessoas de consumir. Isso, por sua vez, reduz o ritmo de crescimento da economia.

Por outro lado, quando a taxa Selic está baixa, os juros cobrados nos empréstimos também estão baixos, o que encarece menos o crédito e incentiva as pessoas a consumir. Isso, por sua vez, estimula o crescimento da economia.

Como a tabela selic afeta os investidores

A tabela selic é importante para os investidores, pois influencia os retornos obtidos com os investimentos. Quando a taxa Selic está alta, os investimentos mais arriscados tendem a proporcionar retornos maiores do que os investimentos menos arriscados.

Por outro lado, quando a taxa Selic está baixa, os investimentos menos arriscados tendem a proporcionar retornos maiores do que os investimentos mais arriscados. Isso significa que os investidores devem avaliar cuidadosamente os riscos de cada investimento antes de tomar uma decisão.

Como a tabela selic impacta a economia

A tabela selic é extremamente importante para a economia do Brasil. Como vimos, a taxa Selic influencia o ritmo de crescimento da economia, tanto na direção de um crescimento mais lento, quando a taxa Selic está alta, quanto na direção de um crescimento mais rápido, quando a taxa Selic está baixa.

Além disso, a tabela selic também influencia os preços. Quando a taxa Selic está alta, os preços tendem a ser mais altos, pois os juros encarecem os produtos. Por outro lado, quando a taxa Selic está baixa, os preços tendem a ser mais baixos, pois os juros encarecem menos os produtos.

Por isso, é importante acompanhar a tabela selic para entender como ela impacta a economia.

A taxa selic utilizada para corrigir precatórios

Apesar das incertezas que envolvem a economia, um ponto sob controle do governo é a taxa Selic. 

Recentemente, o governo anunciou que a taxa Selic será utilizada para corrigir precatórios. Isso significa que,  a partir de agora, os precatórios serão corrigidos pela taxa Selic, conforme previsto  das Emendas Constitucionais 113 e 114, de 2021.

Apesar de ser uma decisão positiva, o anúncio gerou polêmica. Muitos juristas afirmam que a medida viola a Constituição Federal, pois a correção de precatórios deve ser feita pela inflação.

No entanto, o governo alega que a medida é necessária para garantir a sustentabilidade do sistema previdenciário. Além disso, o Ministério da Fazenda argumenta que a inflação não é uma medida fiel para corrigir os precatórios.

Em resumo, para corrigir precatórios até dezembro de 2021 haverá a consolidação do débito referente a novembro de 2021, na qual se incluirão os juros e a correção, e a partir da data da consolidação desta dívida de valor incidirá somente a taxa Selic.